segunda-feira, 28 de maio de 2012

O Diário de Elizabeth - Capítulo 12

 Justin tocou meu rosto levemente. Cedemos aquele beijo com calma. Ele pôs a outra mão em minha cintura e me puxou pra mais perto. Foi um beijo tranquilo, porque logo me afastei. Fiquei um pouco distraída com meus pensamentos.
- Me desculpa, eu...
- Porque tá se desculpando ? - Justin deu um sorriso de canto.
 Não respondi. Eu ainda estava meio tonta. Olhei pra ele novamente e me perguntei várias vezes porque eu havia deixado ele fazer isso. A verdade é que a primeira impressão que tive sobre Justin não foi a melhor de todas. Mas agora ele parece....diferente. Eu conheço um novo Justin a cada dia e parece que a cada dia mais me da vontade de estar perto dele. Ás vezes ele parece ser calmo e atencioso, no outro machista e grosseiro.
 Não sei se estava preparada pra um novo namorado ou algo do tipo. Mas o sorriso dele...Ah, sim, esse seria o sorriso que eu queria levar pro resto da minha vida.
- No que está pensando ? - Ele me perguntou, me tirando de meus pensamentos.
- Na minha vida.
 Ele deu um sorriso torto.
- Acabei de te beijar e está pensando na vida ?
- Você não entende - me sentei em cima de uma rocha.
- E porque não ?
- É coisa de...garotas - tentei ser realista.
- Ah - ele bufou e se sentou na rocha de baixo - não vai me contar ao menos do que achou ?
- Do beijo ?
- Sim.
- Hm, eu...- pigarreei - por que tá me perguntando isso ?
- Sei lá - ele tentou fugir do assunto assim como eu.
 Não estávamos confortáveis com esse assunto.

 Se passou 2 dias. Justin e eu revezávamos pra buscar comida. Eu já havia perdido as esperanças de sair dali. Mas eu sempre rondava o lugar em busca de uma salvação.
 Não comentamos nada sobre o beijo, nem ao menos tocamos no assunto. Ele até evitava em me tocar, o que deixava o ambiente mais tenso. Eu já estava pirando com isso. Na verdade eu queria beijá-lo de novo, olhar profundamente em seus olhos e sentir sua respiração.
 Agora ele estava deitado com as mãos atrás da cabeça e parecia pensativo. Tudo o que eu queria era chegar lá e dizer que o amava, ou pelo menos dizer que ele não precisa ficar tenso perto de mim, ou talvez dizer que gostei de seu beijo. Pode ser que o agrade.
 Só sei que quanto mais penso, mais fico confusa.
 Me levantei e caminhei até ele.
 Justin nem ao menos se virou pra mim. Me sentei ao seu lado e ficou o encarando. Ele olhou pra mim meio confuso e voltou o olhar pro teto.
- Podemos conversar ? - pedi cautelosa.
 Ele fez um gesto de sim.
- Bom...- eu não sabia como começar - eu só queria dizer que...possivelmente esteja chegando dezembro e...vai fazer frio. - Improvisei.
 Ele não me respondeu, e novamente não olhou pra mim. Fiquei admirando o rosto dele. Seus olhos castanho claros sérios, sua pele gélida, o formato do rosto rígido e a boca...convidativa. Eu queria beijá-lo. Eu devo fazer isso ? E se ele se assustar e ser grosso comigo ? E se ele não gostar e se distanciar mais de mim ? Quer saber ? Foda-se.
 Fui chegando perto de seu rosto, bem devagar. Isso fez ele olhar pra mim, sorri de canto e colei nossos lábios. Foi como se você estivesse sem comer a 5 meses e tivesse acabado de mordiscar um biscoito com gostas de chocolate. Foi como se você corresse 10 quarteirões e tivesse acabado de tomar um gole d'aguá. Foi como...matar o que estava te matando.
 Ele cedeu o beijo rapidamente e foi se levantando, pra ficar sentado comigo. Colocou uma de suas mãos em meu rosto, me puxando mais pra ele. Agora ele já estava no controle. Justin me beijava calorosamente. Ele me levantou, me fazendo ficar com as penas em volta de sua cintura. Não conseguíamos parar. Eu estava errada; ele não ficaria nem bravo, nem assutado; pelo contrário. Ele queria isso mais do que eu - se fosse possível.
- Porque fez isso ? - ele me perguntou em uma pausa de um beijo.
- Eu precisava.
- Agora admite que é louca por mim ?
 Ri me lembrando.
- Sim.
 Ele me soltou e aos poucos fui sentindo o chão.
 Sorri meio envergonhada.
- Porque não disse que tinha gostado ?
- Fiquei sem graça - fui direta.
- Você ficou em silêncio por bastante tempo e disse que estava pensando na vida.
- E eu estava.
 Ele abaixou a cabeça.
- Não percebe ? - segurei seu rosto entre minhas mãos.
- O que ?
- Minha vida agora...é você.

7 comentários:

@JaitlinMyLife disse...

AWWWWWWWWWWWWWWWWN ! que coisa mais linda gente . continua , continua .

Thankskidrauhl disse...

AWWWWWWWWWWWWWWW QUE LINDO VÉI , AF AF , QUERO LER MAISSSSSSS ):
POR FAVOR, MANDE O PROXIMO CAPITULO PARA @MESNINAPURPLEJB ? AWN ><

Gabs/@NerdBelieber disse...

Ownnt! Que lindos me derreti agora minha vida...é você! Awnn! Quero mais..muuuuito mais!!

ㅤㅤㅤmellany . disse...

AWWWWWWWWN, QUE PERFEITO AMOR.
CONTINUA !

@sweet_lovatic2 disse...

foi mau a demora para postar ..... MAS TA LHINDO D+ ! continua logo !

@sweet_lovatic2 disse...

comentar ! na vedade , que postar o que ! errei ....

Anônimo disse...

Que PERFEITO! Awwwwwwwn que lindoooo! Apaixonei! Ainda bem que vc apareceu em menina? Eu já tava triste de não ler mais sua historia! Jurava q vc ia parar, mas graças a deus vc está escrevendo mais! Continue sempre! Bjinhos e até o proximo ;)
@MyWorld_NSN