segunda-feira, 4 de junho de 2012

O Diário de Elizabeth - Capítulo 13

 Tentei não ficar tonta depois de ter dito aquilo. Fiquei olhando em seus olhos e esperando uma reação. Justin ficou um tempo olhando pro nada e fiquei com medo de ter dito algo que ele não gostasse.
- Disse alguma coisa errada ?
 Ele olhou pra mim, sorriu e me abraçou. Me abraçou forte.
- E-eu não sei...não sei o que dizer.
- Não precisa, só quero que fique do meu lado.
 Ele me abraçou mais forte. Me senti protegida com seus braços em volta de mim.

 Depois daquele dia, Justin passou a ser mais carinhoso comigo. Parecia que o mundo era nosso, só nosso.
- Porque você sempre age estranho ? - perguntei a ele.
- Como assim ?
- Tipo...quando nos conhecemos...você parecia ser uma pessoa...pervertida.
 Ele riu.
- Porque tá rindo ? isso não é engraçado.
- Pervertido ? essa foi sua primeira impressão sobre mim ?
- Foi o que você transmitiu.
- Ah, você é linda e ...
- E ?
- É linda.
- Só ?
 Ele ficou sério e comecei a gargalhar.
- Tá. Agora isso não é engraçado.
- Você tá ficando vermelho de vergonha.
- Ah é ?
 Ele se levantou e começou a me fazer cócegas.
- Não, não, não, para, por favor. Jus - tentei me debater.
 Ele prendeu minhas pernas com seu joelho e continuou fazendo cócegas na minha barriga.
- Tá. Tá. Chega.
- Só se você falar "Justin eu te amo".
- NUNCA.
 Ele continuou.
- Diz.
- Justin, eu te amo, agora para.
 Assim que ele parou, começou a sorrir. Respirei fundo pela risada. Justin inclinou sobre mim e beijou meu rosto.
- Você é um bobo alegre.
- Eu não era assim até te conhecer.
- Eu criei um bobo alegre ?
- Sim, culpa sua.
- Ah não.
- Não queria ter me conhecido ?
- Não quero ser culpada pelas suas traquinagens.
- Já era.
 Ele me beijou. Um beijo rápido mas preciso.

 Agora eu só ouvia o silêncio. Um silêncio puro. As nossas respirações estavam calmas. Sentia a mão de Justin fazendo carinho em meu rosto. Fechei os olhos e fiquei desfrutando daquilo. Era algo maravilhoso, algo que nunca senti na vida. O toque da mão dele me fazia arfar.
 E quando a gente sair daqui ? - se isso for possível. - Como tudo vai ser ? Justin ainda me tratará assim ? Meus pais me perdoaram pelo meu sumiço ? E meu irmão ? está preocupado ?
 Isso tudo é o que me deixa ansiosa. Não sei mais de nada. Nem se eu continuo a mesma. Eu e Justin estamos tão bem. Não queria estragar tudo isso. Desde nosso primeiro beijo não falo mais de ter que sair daqui. Ele pode pensar que não o quero mais, e que quero me ver livre dele. Mas o fato é que não podemos viver o resto de nossas vidas aqui. Mais cedo ou mais tarde vamos acabar morrendo - sem comida ou até sem ar. Estamos numa caverna e não sabemos o que está acontecendo lá fora - e se desmoronar ? Pelo menos vou estar com ele.
 Olhei pro lado e seus olhos estavam fechados. Ele estava dormindo. Dormindo que nem um anjinho. Lindo. Fofo. Meu.
 Me levantei e o deixei ali.
 De longe notei algo entre duas rochas. Fui até lá e percebi que era o Diário de Elizabeth. Ah, sim, o diário. Faz tempo que não o leio!

6 comentários:

Anônimo disse...

Aiiiii continua logo! Vc sempre para na melhor parte! Kkkkk tá lindo amor! Espero que vc cOntinue logo! Bjos
@MyWorld_NSN

@NerdBelieber disse...

Awnn esse cap. foi super cute cute!! Continua logo tô ficando cda vez ais gamada nessa historia! ;*

ㅤㅤㅤmellany . disse...

Continua amor :)
Esse capitulo ficou muito fofo *--*

@JaitlinMyLife disse...

Ai meu deus , que lindo véi ... poxa , ela tem que ler o diario logo e o Justin nao pode mais ficar estranho , ele tem que ser fofo *-------* nhac nhac

Fan-club JB disse...

continuaaaaaaaaaa logo véi , eu fico doida porque vc sempre para na melhor parte kkkkkkk

@sweet_lovatic2 disse...

amei , ta lindo ! mas vc ama fazer esses suspenses ! AFF ! continua !